segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Depois de se diagnosticar como apaixonado(a), nem sempre o resultado é positivo, as vezes o outro lado não tem os mesmos sintomas.



Seria muito bom se vivêssemos em um mundo onde existisse a Lacuna inc. (Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças), mas não vivemos. E com essas redes sociais que tanto nos aproximam, e que nessas horas são um complô, esfregando os passos da pessoa na sua cara e dificultando esse esquecimento!
Bom mesmo seria ser como Alice (Closer) que consegue assumir de maneira rígida a postura de 'eu poderia ter te amado para sempre', minha impressão foi de que ela apertou um botão, e seguiu em frente, sem se deixar levar por qualquer impulso auto-destrutivo.




Por isso resolvi fazer a Lacuna Inc. das redes sociais.

1º passo: Coloque-o(a) nas postagens personalizadas para não ter que receber curtidas e comentários que suscitem falsas esperanças e idéias distorcidas.

2º passo: Cancele a assinatura para não ter na sua timeline os passos do(a) cidadão(ã), esfregando na sua cara que ele(a) vive bem, muito bem sem você!

3º passo: Enterre toda e qualquer vontade de contato, não mande sms, não ligue, não use o whatsapp, não fale pelo msg, gtalk, simplesmente não inicie contato.

4º passo: Se você for forte mesmo, não retorne contatos. Se dê ao direito de sumir um tempo.

5º passo: A esse ponto fica claro que está proibida qualquer visitinha ao perfil do(a) dito(a), é muito masoquismo e falta de amor próprio.





6º passo: Pare com as publicações de auto-piedade! Não choramingue, não compartilhe frases tristes ou músicas depressivas, deixar de parecer triste é o primeiro passo para deixar de ser triste.

7º passo: Ocupe sua vida virtual, leia blogs, fale com outras pessoas, estude, crie novos hábitos.

8º passo: Reduza seu tempo inútil online. Não se deixe ficar no tédio para acabar fuçando onde não deve. Assista séries, saia com os amigos, leia livros, ouça música, se ocupe!


9º passo: Flerte! Agora que você já largou a obsessão, exercite seu poder de sedução que em breve será requisitado. Flerte muito, puxe assunto com aquele(a) gatinho(a), converse com todo mundo.

10º passo: Siga em frente. Agora você já se readaptou a vida sem o ser, basta seguir o fluxo normal da vida.


XOXO
T.

2 comentários:

Camila Di Domenico disse...

Na teoria é fácil! Na prática...
Mas temos que tentar!

Talitta Araujo disse...

Estou na tentativa aqui. Firme e forte!

Ocorreu um erro neste gadget